UM VIVER INTERROGADO | EDITORIAL

UM VIVER INTERROGADO | EDITORIAL


Viver é um exercício exigente porque ultrapassa o simples sobreviver.


Se até a conquista da sobrevivência pode ser dilacerante, que diremos do acto de viver para além da mera sobrevivência ? Que diremos da dificuldade de sermos um entre vários, de construirmos um espaço interior que seja bem nosso, de executarmos um projecto que nos permita confessar, no fim, que valeu a pena ? Que diremos dessa homologação a que ficam sujeitas as nossas opções, perante nós e perante os outros ? Que coisa é o Outro para nós ? Que papel nos fica reservado, enquanto microcosmos de um Todo portentoso, insondável, indecifrável ? Que somos nós quando navegamos por entre a poeira dos mundos e das galáxias ?

É por isso que me aplico a ouvir os silêncios. É por isso que estudo filosofia. É por isso que me sinto como parte minúscula da Natureza . É por isso que por vezes versejo. Porque tudo é enigma à nossa volta e nós somos a parte menor desse enigma cósmico.

Vivamos entretanto, enquanto podemos. Mas vivamos sempre de olhos abertos para a ténue luminosidade que descortinamos e de ouvidos atentos aos ínfimos rumores que chegam até nós.


@A.H.


UM VIVER INTERROGADO | EDITORIAL

#Viver #Interrogar #Editorial