top of page

Pedofilia - É fundamental que os bispos da Igreja Católica em Portugal assumam um guião claro

A pedofilia praticada por padres da Igreja Católica é um tema que tem vindo a ser cada vez mais discutido e denunciado em todo o mundo.


Em Portugal, a Comissão Independente recolheu dados e orientou as entidades envolvidas nesta problemática, no sentido de proteger as vítimas e prevenir futuros casos.


No entanto, apesar das orientações da Comissão e da gravidade dos crimes em causa, a Igreja Católica em Portugal tem falhado em assumir um papel ativo na proteção das vítimas e no afastamento preventivo dos padres pedófilos.


Ao invés, temos assistido a uma postura passiva por parte dos bispos da Igreja Católica, que se têm recusado a seguir as orientações da Comissão Independente e a assumir um guião claro e eficaz de combate à pedofilia na Igreja.


Esta postura da Igreja Católica em Portugal é particularmente preocupante, tendo em conta o pensamento global da sociedade portuguesa, que tem vindo a assumir uma posição cada vez mais firme na condenação destes crimes e na proteção das vítimas.


É necessário que a Igreja Católica em Portugal assuma uma posição clara e inequívoca na proteção das crianças e jovens, e que tome medidas preventivas eficazes para evitar novos casos de pedofilia.


É importante salientar que a pedofilia na Igreja Católica não é um problema exclusivo de Portugal, mas sim um problema global que tem afetado várias dioceses em todo o mundo.


É fundamental que a Igreja Católica assuma a sua responsabilidade nesta matéria, e que adote uma postura proativa e transparente na denúncia e punição destes crimes.


A pedofilia praticada por padres da Igreja Católica é um tema extremamente sensível e grave, que exige uma postura ativa e eficaz por parte da Igreja Católica em Portugal e em todo o mundo.


É fundamental que os bispos da Igreja Católica em Portugal assumam um guião claro de combate à pedofilia e que adotem medidas preventivas eficazes para proteger as vítimas e evitar novos casos.


A sociedade portuguesa exige e merece uma postura firme e transparente por parte da Igreja Católica nesta matéria.

0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page