top of page

Oriente Eterno | Carlos Dias Costa 1945- 2021

Oriente Eterno | Carlos Dias Costa 1945- 2021


Coronel de artilharia, Capitão de Abril.


Fez 2 comissões na guerra, em Moçambique.

Partiu para o oriente eterno, na segunda feira, atropelado na marginal, em Oeiras, em frente de casa.

Conheci-o quando ele era 2.º comandante da escola prática de artilharia em Vendas Novas, anos 80.

Passou à reserva e foi estudar psicologia.

Psicólogo, encontrei-o nos anos 90.

Era um homem com um coração extraordinário, amigo do seu amigo.

Fez o 25 de abril, como capitão no Ral de Leiria.

Quando os ventos mudaram de feição, fizeram-lhe a vida negra e recambiaram no para os Açores.

Comeu o pão que o diabo amassou...

Natural da Coja, ali vivia alegremente, junto ao seu amado Ceira...

Vinha regularmente a Lisboa.

Era um homem livre e de bons costumes.

Que descanse em paz no oriente eterno, para onde partiu tão repentinamente.

Abraço apertado ao neto Francisco, aluno do Colégio Militar e condiscípulo dos meus filhos...

Os meus amigos partem cedo, sem dizer adeus. Abruptamente o telefone toca e recebemos um murro no estômago.

Tínhamos um encontro adiado, à espera que passasse a pandemia.

E só nos lembramos de Santa Bárbara, padroeira dos artilheiros, quando faz trovoada...


@Autor: V. M.


0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page