Buscar

Um poema de Fernando Pessoa para este momento pascal | Ano: 2020

Para a religião cristã, simbolicamente, é o dia do dogma da fé, na ressurreição de Jesus Cristo.


Os maçons não têm a ressurreição, mas sim o renascimento. Ele é obtido pela vontade de cada maçon mudar a sua vivência quotidiana, segundo os melhores valores e princípios universais.

Fernando Pessoa não era maçon, mas fez incursões na matéria, principalmente no âmbito da Ordem Hermética da Aurora Dourada (Golden Dawn).


Escreveu – sem data - até um ritual de iniciação que se dá a conhecer parte.


P - De onde vens? R - Não sei. P - Onde vais? R - Não me disseram (sei). P - O que sabes? R - O que esperei (Nada). P - Que vês? R - Sou cego. P - Que vestes? R - Estou nu. P - Que tens? R - Só a mim. P - O que queres? R - Ver a luz. P - Que luz? R - A que houver. P - Qual é a que houver? R - A que me for dada. P - Se te a derem, como a verás? R - Com meus olhos. P - Se te a não derem, como a verás? R - Com o meu coração. P - Se te a nem derem nem não derem, como a verás? R - Comigo [?] P - Que tens ao pescoço? R - O passado. P - Que sentes sobre o peito? R - O futuro. P - Que tens que te a teus pés olha? R - O presente. P - Que sentes? R - A treva, o frio, e o perigo. P - Como os vencerás? R - À treva pelo dia, ao frio pelo sol, ao perigo pela vida. P - E como obterás o dia e o sol e a vida? R - Não ficando cego, nem nu nem eu aqui sozinho. P - Quem te criou? R - Não sei. P - Porque o não sabes? R - Porque nasci. P - Queres sabê-lo? R - Sim, porque morrerei. [Mestre do Átrio] - Basta que me digas sim. O N[eófito] - Sim. M[estre do] Á[trio] - A paz seja contigo. Os nn. retomam as espadas. O SL toma na mão direita a esquerda do Neófito e […] - Tenho [?].

Pessoa por Conhecer - Textos para um Novo Mapa. Teresa Rita Lopes. Lisboa: Estampa, 1990, p. 80.



#Fernando #Pessoa #Páscoa