top of page

Portugal - Suspeito de Violência Doméstica em Prisão Preventiva Após Ataques Brutais | MyFraternity

Tribunal de Santarém Decide a Prisão Preventiva para Suspeito de Agredir, Violentar e Mutilar Mulher em União de Facto


O Tribunal de Santarém tomou a decisão de enviar para a prisão preventiva o homem de 44 anos suspeito de cometer atos de extrema violência contra a mulher com quem vivia em união de facto.


Os relatos chocantes indicam que o suspeito terá agredido, violado, mutilado e torturado brutalmente a vítima.


A mulher, que é cabeleireira, encontra-se atualmente internada no Hospital de São José, em Lisboa, onde cirurgiões especializados estão a lutar para salvar o dedo que foi cortado com uma tesoura de poda durante o terrível ataque.


Além das lesões físicas devastadoras, o trauma emocional da vítima é inimaginável.


Segundo relatos, a filha de 16 anos ter-se-á apercebido da aflição da mãe, adicionando uma dimensão ainda mais perturbadora a esta tragédia familiar.


Este caso destaca a urgência de enfrentar a violência doméstica e garantir a proteção das vítimas.


A comunidade e as autoridades devem unir esforços para combater este flagelo e fornecer apoio adequado às vítimas.


Enquanto aguardamos desenvolvimentos adicionais deste caso, é imperativo que a justiça seja feita e que as medidas sejam tomadas para garantir a segurança e o bem-estar da vítima e de sua família.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page