top of page
  • Foto do escritorIA

Nenhuma criança deve ser sujeita a injustiças nos Tribunais portugueses

Na lei portuguesa, o crime de violência doméstica - se tiver a sorte do Tribunal a reconhecer - sim, precisa de ter muita sorte, decorre de injunções, com possíveis implicações para o agressor, mas não no sentido de salvaguardar a proteção das crianças.


Há países em que esta situação é muito distinta e só por si, a violência na presença de uma criança, é por si só um ato criminal e aplicam-no.


Nenhuma criança deve ser sujeita a injustiças - o poder dos juízes não deveria ofuscar as vozes das crianças! É fundamental que essa situação seja corrigida!


Apoie as crianças portuguesas.


Obrigada.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page