top of page

Caminhos Maçónicos: Da Era de Nebuchadnezzar à Constituição de Anderson de 1723

A História Maçónica através dos Séculos: Um caminho desde Nebuchadnezzar até à Constituição de Anderson de 1723


Numa narrativa que transcende os séculos, mergulhamos na intrigante história maçónica escrita nas Constituições de Anderson, desde os tempos do grande monarca Nebuchadnezzar, até aos eventos que culminaram na notável Constituição de Anderson de 1723.


Este é um relato cativante que revela as raízes e "evolução da Maçonaria" ao longo de eras repletas de conquistas, guerras e construções monumentais.


Da Constituição de Anderson:


Capítulo 1: Nebuchadnezzar e a Tentativa Magnífica da Reconstrução


Nebuchadnezzar, o grandioso monarca, enfrentou desafios incomparáveis ao tentar elevar a sua Maçonaria à grandiosidade da construção do Templo.


Os seus feitos, apesar de impressionantes, encontraram limitações na busca pela perfeição maçónica.


A história revela-nos como, após guerrear e queimar o Templo que permaneceu esplêndido por 416 anos, Nebuchadnezzar, em tempos de paz, tornou-se o GRANDE MESTRE-MAÇON.


Capítulo 2: Zerubbabel e a Fundação do Segundo Templo


Com a influência dos nativos judeus, especialmente sob o reinado do "GRAND CYRUS", Zerubbabel, filho de Salathiel, emergiu como o líder na reconstrução.


A fundação da Segunda Templo, embora não tão opulenta quanto a de Salomão, representou a mais regular, simétrica e gloriosa edificação da época.


Capítulo 3: A Propagação da Maçonaria por Roma e Além


Nos gloriosos dias do Império Romano, "AUGUSTUS CÆSAR", patrono de "VITRUVIUS", desempenhou um papel vital na propagação e elevação da Maçonaria.


O seus feitos, como a construção do "TOWER of PHAROS", o quinto das Sete Maravilhas do Mundo, solidificaram a Maçonaria como uma arte respeitada.


Capítulo 4: A Constituição de Anderson de 1723 e o Legado Continuado


Chegamos à peça central desta narrativa maçónica: a Constituição de Anderson de 1723.


Este documento revolucionário, resultante da colaboração entre o reverendo James Anderson e os maçons da época, unificou e formalizou as práticas maçónicas.


Um marco que continuou a influenciar e moldar a Maçonaria até aos dias atuais.


Esta é a história fascinante de um caminho maçónico que atravessou impérios e eras, deixando um legado de construção, sabedoria e união.


A Maçonaria, desde Nebuchadnezzar até a Constituição de Anderson, permanece como uma tradição rica em significado e mistério.


bottom of page