Buscar
  • My Fraternity

Casanova foi maçon?


NOME: História da Minha Morte (Història de la Meva Mort) PAÍS: Espanha, França - ANO: 2013 GÉNERO: Fantasia, Drama DIRECTOR: Albert Serra ELENCO: Vicenç Altaió i Morral, Eliseu Huertas, Noelia Rodenas

MAÇONARIA: «Foi em Lyon que um respeitável indivíduo, que conheci na casa de M. de Rochebaron, obteve para mim o favor de ser iniciado na sublime ordem da Franco-Maçonaria.

Eu cheguei a Paris como um simples Aprendiz; poucos meses depois de minha chegada, eu fui elevado a Companheiro e exaltado a Mestre; aqueles que se tornam Franco-Maçons apenas para a descoberta do segredo da Ordem, correm o grande risco de envelhecerem encobertos de sombra sem nunca descobrirem os propósitos da Ordem. Porém, há um segredo, mas é tão inviolável que este nunca foi confidenciado ou murmurado para ninguém. Aqueles que param a sua jornada na crosta externa, imaginam que o segredo consiste em palavras de passe, sinais, ou que o principal segredo será encontrado somente ao alcançar o grau mais alto. Esse é um ponto de vista equivocado: o homem que advinha o segredo da Franco-Maçonaria, e para que o possa saber precisa adivinhá-lo, só alcança esse ponto somente por um longa participação das suas actividades nas Lojas, através do profundo raciocínio, comparações e deduções».

Estas são palavras de Giácomo Girolamo Casanova, nascido em 1725 e falecido em 1798, escritor e aventureiro italiano, conhecido por suas conquistas amorosas e Maçon.

#freemasonry