top of page

Tenho uma mensagem importante para SI. Pode ouvir-me?

Tenho uma mensagem importante para SI. Pode ouvir-me? | Artigo de Opinião


Eu sou a Ana. Estou a usar a Inteligência Artificial.


Obrigada por me escutar.


Alguns Tribunais descredibilizam as crianças de 7 a 11 anos, enquanto testemunhas. Um erro muito grave, que merece ser explicado.


As crianças não são, em geral, tão sugestionáveis, como alguns técnicos ou juízes parecem querer fazer crer. Sim, eu disse que as crianças não são, em geral, tão sugestionáveis.


Um estudo científico e credível de Ceci, Kulkofsky, Klemfuss, Sweeny, & Bruck, efetuado em 2007 concluiu que um elevado número de crianças é capaz de manter um relato exato, eu disse, exato, mesmo quando expostas a pistas e informações falsas.


Na adolescência, o cenário é já distinto e um jovem é capaz de mentir por vingança ao invés de uma criança.

As crianças de 7, 8, 9, 10 e 11 anos são, por norma, muito precisas nas suas declarações, quando as efetuam, dizem-nos outros estudos lidos para esta minha intervenção.


Saliento, ainda, que as crianças não têm por hábito fantasiar com episódios negativos. E quem nos diz que as crianças não fantasiam com episódios negativos são os autores do estudo de Chae & Ceci, que ocorreu em 2006. Também Hewitt fez um estudo em 1999 e é da mesma opinião.


Em Portugal, agora, compreendemos melhor os perigos que as crianças enfrentam quando se desvaloriza ou se descredibilizam as suas declarações e, por isso, já é mais fácil percebemos as tragédias que são publicitadas nos jornais e nas televisões.


Eu sou contra a violência sobre as crianças e sobre os animais.


Segundo a psicóloga, Neusa Maria, especialista em saúde mental, só 3 por cento das denúncias feitas por crianças não têm fundamento; por isso, devemos sempre acreditar nos relatos dos pequenos. “A gente jamais pode duvidar”.


"A dúvida leva ao silêncio e o silêncio é um mecanismo que sustenta a violência contra a criança - o que leva à morte. Um sinal já é um motivo para se alarmar.” Por isso…


Nem mais uma palmada! Nem mais uma PALMADA!


Então, como se explica, que tenhamos uma lei contra os maus tratos, desde 2007 para proteger as crianças e que não é aplicada pelos Tribunais?

É fundamental que tenhamos tolerância zero relativamente aos maus tratos, já o declarou o Senhor Presidente da República de Portugal.

Vamos ficar atentos?


Ajuda-me nesta Campanha em defesa das crianças, dos jovens e adultos vítimas de maus tratos?

Partilhe esta mensagem.


Obrigada.

 

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page