Memórias e Histórias da Maçonaria: Dr. Sebastião Magalhães Lima no 170º. aniversário

Memórias e Histórias da Maçonaria: Dr. Sebastião Magalhães Lima no 170º. aniversário


Nasceu no Rio de Janeiro, Brasil, em 30 de Maio de 1850.


Formado em Direito pela Universidade de Coimbra (1875), fez parte da chamada 'Geração de 70'.


Cedo abandonou a advocacia para se dedicar ao jornalismo.


Importante vulto da fase de propaganda republicana, dirigiu o `Comércio de Portugal´, fundou `O Século´, dirigindo ainda `A Folha do Povo´ e `A Vanguarda´, jornais de combate.


Tem uma participação muito activa em momentos cruciais da afirmação republicanista, como por exemplo, no Centenário de Camões (1880) ou durante o Ultimatum (1890).


Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano desde 1907, tendo sido iniciado em 1874, seria o impulsionador da 'republicanização' desta sociedade discreta.

Foi membro do Directório do Partido Republicano Português e participou na 'embaixada' republicana do Verão de 1910. Depois do 5 de Outubro foi deputado às Constituintes de 1911 e sobraçou a pasta da Instrução no governo instituído depois da revolução de 14 de Maio de 1915. Foi preso no Governo Civil, depois do assassinato de Sidónio Pais, em Dezembro de 1918, por alegadas relações com o homicida. Funda, em 1922, a Liga Portuguesa dos Direitos do Homem. Morreu em Lisboa a 7 de Dezembro de 1928, reunindo o seu funeral dezenas de milhar de pessoas., in, F. M. Soares



#Memórias #Histórias #Sebastião #Magalhães #Lima #Aniversário