Maçonaria - Rádio .3 | Nicolau Maquiavel com o apoio do Merlí


Maçonaria - Rádio .3 | Nicolau Maquiavel com o apoio do Merlí e do "Guia do Estudante"


(PT) A importância destes temas ajudam todos os que se interessam por estas temáticas. Pelo seu interesse, acreditamos que valeu a pena este excerto do áudio, que foi apresentado na agenda da Rádio .3. Aprofunde este tema.


(ES) Merlí nos presenta a Maquiavelo y su ''el fin justifica los medios''. ¿Es tan así? Para darle una mano a su hijo Bruno con un examen, Merlí estará dispuesto a cualquier cosa, como robarle una copia al profesor.



Quem foi Nicolau Maquiavel?

"

Nascido no conturbado fim do Quatrocentos (XV), o florentino Nicolau Maquiavel teve, assim como os outros renascentistas, uma formação humanista. Formado na Universidade de Florença, ele atuou como uma espécie de diplomata de sua cidade: foi a diversas cortes estabelecer tratados, alianças e relatórios, conhecendo o contexto de cada país e, como ótimo observador, enxergando defeitos e qualidades nas artes de governar. Preso e torturado sob a acusação de conspiração, Maquiavel viveu em reclusão, o que trouxe à mente do diplomata um agudo senso de realismo, e uma obsessão pela garantia da estabilidade dos Estados. Em reclusão, visando a retornar à administração do principado florentino, Maquiavel escreveu um livro a Lourenço de Médici intitulado O Príncipe. Assim, o principado de Médici concedeu o perdão a Maquiavel, dando a ele o título de historiador. Em 21 de junho de 1527, Maquiavel morre, doente.

“Os meios serão sempre julgados honrosos e por todos louvados, porque o vulgo sempre se deixa levar pelas aparências e pelos resultados, e no mundo não existe senão o vulgo; os poucos não podem existir quando os muitos têm onde se apoiar.”, in, Guia do Estudante.

#Rádio3 #Rádio #Ética #Nicolau #Maquiavel #Merlí