top of page

Grão-Mestre do GOL suspende uma loja do norte, gerando agitação na Maçonaria portuguesa

A suspensão da Loja Estrela do Norte, e descrita como 'inédita', levanta questões e especulações sobre as razões por detrás desta ação sem precedentes do Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano.


O Grande Oriente Lusitano, uma maçonaria discreta e centenária, está a ser palco de uma agitação sem precedentes em Portugal, na sequência de uma decisão surpreendente do Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL).


A ação, descrita como 'inédita' e histórica, resultou na suspensão de uma das mais proeminentes lojas maçónicas do norte do país, a Loja Estrela do Norte.


O decreto que determinou esta suspensão, assinado por Fernando Cabecinha, Grão-Mestre do GOL, e Pedro Farmhouse, Grande Secretário-Geral, alega irregularidades cometidas pelos responsáveis da loja.


Esta notícia está a sacudir as estruturas da Maçonaria portuguesa, causando agitação e especulação entre os membros da maior obediência maçónica no país, o Grande Oriente Lusitano.


"Que eu tenha memória, nunca um Grão-Mestre atuou assim perante uma loja", referiu um elemento do Grande Oriente Lusitano à VISÃO, sublinhando a magnitude da ação tomada por Fernando Cabecinha.


A suspensão de uma loja maçónica é um evento raro e de extrema gravidade na história da Maçonaria, e esta decisão está a gerar inquietação entre os maçons de todo o país.


Muitos questionam o que terá levado o Grão-Mestre a adotar uma medida tão drástica.


À medida que esta situação continua a evoluir, a comunidade maçónica em Portugal está atenta, e continuará a acompanhar de perto os desenvolvimentos nesta agitação sem precedentes na história do Grande Oriente Lusitano.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page