top of page

Grão-Mestre da GLNP Lança Manifesto Global Pela Paz e Tolerância

O Grão Mestre da Grande Loja Nacional Portuguesa (GLNP) lançou um manifesto global em prol da paz e da tolerância.


O manifesto destaca a crescente necessidade da paz no mundo contemporâneo e apela à mudança.


Neste manifesto, o Grão Mestre enfatiza que, em pleno século XXI, a persistência de conflitos armados e guerras destrutivas é inaceitável.


Enquanto a sociedade avança em diversas áreas, a violência e o derramamento de sangue continuam a causar sofrimento indescritível e a perpetuar um ciclo interminável de dor.


O apelo é dirigido a todas as partes envolvidas em conflitos extremados, incentivando-as a reconsiderar as suas posições e a escolher a paz e a iluminação, em vez da destruição e da condenação eterna.


O manifesto argumenta que, num mundo cada vez mais interligado, a guerra não traz benefícios duradouros a ninguém.


O Grão-Mestre da Grande Loja Nacional Portuguesa destaca que as vidas perdidas, comunidades destruídas e a estagnação económica resultante de sucessivas convulsões deixam cicatrizes profundas que podem levar gerações a ultrapassar.


O Grão-Mestre ressalta que ninguém é verdadeiramente vencedor numa guerra, e aqueles que triunfam frequentemente enfrentam desafios enormes na reconstrução das nações e sociedades dilaceradas.


O manifesto também destaca a preocupação com o uso de recursos naturais preciosos para sustentar máquinas de guerra, enfatizando a necessidade de questionar a lógica por detrás desses empreendimentos destrutivos.


O Grão-Mestre recorda que a história está repleta de exemplos de líderes e nações que optaram pela paz e reconciliação, como Mahatma Gandhi e Martin Luther King Jr., que demonstraram que a mudança pode ser alcançada por meios pacíficos.


Neste século, com avanços tecnológicos e uma comunicação global sem precedentes, o manifesto destaca a oportunidade única de resolver diferenças por meio do diálogo, da negociação e do entendimento mútuo.


Este manifesto apela às partes extremadas em conflitos para que reconsiderem as suas posições, escolham o diálogo, o compromisso e a paz, pois o futuro das gerações depende dessas escolhas.


"Juntos, podemos construir um mundo mais pacífico e tolerante".



Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page