Frederico García Lorca, assassinado há 80 anos.


“Só o mistério nos faz viver. Só o mistério”, escreveu o poeta e dramaturgo espanhol, uma das primeiras vítimas da Guerra Civil espanhola. Federico García Lorca foi assassinado por forças franquistas por ser “socialista” e “maçon”*. Há 80 anos. O fascismo atua com condutas autoritárias e com ideias de decadência, criam inimigos internos e externos e procuram exterminar a segurança. Não estamos livres que o fascismo se apresente de outra forma, mas o tipo de caraterísticas repetem-se. Pela liberdade individual de consciência! *Relatório da Comando Superior da Polícia de Granada, datado de 1965.