top of page

Despertar Consciências: GLNP e CEMFP Unem Forças na Luta Contra a Escravatura

GLNP Comemorou o Dia Internacional para a Abolição da Escravatura com Reflexão e Ação.


No dia 2 de dezembro, a Grande Loja Nacional Portuguesa (GLNP) e o Centro de Estudos Maçónicos Fernando Pessoa (CEMFP) da Grande Loja Nacional Portuguesa uniram forças para assinalar o Dia Internacional para a Abolição da Escravatura.


A data representava mais do que uma simples lembrança histórica; foi um apelo à reflexão profunda e à ação coletiva contra a persistência da escravatura no século XXI.


Apesar dos avanços significativos, a abolição da escravatura permanece uma meta não alcançada.


A GLNP destacou diversas formas de escravatura moderna, incluindo o trabalho forçado, tráfico humano e exploração sexual.


A Organização Internacional do Trabalho (OIT) relata que uma percentagem significativa das vítimas de tráfico humano são encaminhadas para a exploração sexual, sendo metade delas menores de 18 anos.


A Grande Loja Nacional Portuguesa destacou a importância de se reconhecerem amplamente as escravaturas modernas como um crime muito grave, instando à responsabilização perante a justiça.


Nesse Dia Internacional para a Abolição da Escravatura, a Grande Loja Nacional Portuguesa convocou todos a unirem-se na luta contra essa violação dos direitos humanos.


A GLNP enfatizou a necessidade de se apoiarem iniciativas que procuram erradicar essa prática nefasta e convidaram a uma reflexão sobre as ações individuais para contribuir para um mundo onde a liberdade seja um direito inalienável para todos os seres humanos.


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page