top of page

Deputados Portugueses Debaterão a Realização de uma Conferência Maçónica no Parlamento

O Grémio Lusitano e o Grande Oriente Lusitano Propõem Evento com Especialistas Internacionais.


A Assembleia da República, em Lisboa, poderá estar prestes a testemunhar um debate crucial, no qual os deputados terão a palavra final sobre a realização de uma conferência maçónica nas suas instalações.


O Grémio e o Grande Oriente Lusitano expressaram o desejo de organizar uma conferência que exploraria a base teórica da Maçonaria na biblioteca da Assembleia da República em fevereiro de 2024, com a participação de especialistas internacionais.


Augusto Santos Silva, optou por não tomar a decisão sozinho.


A solicitação do Grémio e do Grande Oriente Lusitano para utilizar as instalações da Assembleia da República tem gerado uma discussão complexa sobre a relação entre a Maçonaria e a política em Portugal.


Embora o tema da conferência esteja centrado na base teórica da Maçonaria e não tenha conexão direta com assuntos parlamentares, a questão suscitou preocupações sobre a transparência e a separação de poderes.


A Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias transferiu recentemente a responsabilidade de avaliar o pedido do presidente da Assembleia da República para o Grupo de Trabalho para os Assuntos Culturais, a fim de tomar uma decisão informada e equilibrada.


A decisão final sobre se a biblioteca do Parlamento será disponibilizada para a conferência maçónica em fevereiro de 2024 será tomada após um debate completo sobre os méritos da proposta.


Este desenvolvimento promete manter a Maçonaria e a política portuguesa sob escrutínio público nas próximas semanas, à medida que o Parlamento avalia a compatibilidade da sua biblioteca com a realização de uma conferência maçónica internacional.

bottom of page