Luís Montenegro pertenceu à loja Maçónica Mozart? | Uma reflexão em nome da verdade

O Polígrafo apresentou um texto, que divulgamos parcialmente.


[...] O que aconteceu foi o que se segue: Luís Montenegro foi, de facto, iniciado na maçonaria, tendo mesmo sido submetido ao ritual iniciático. Porém, a sua entrada nunca foi formalizada em qualquer documento da Grande Loja Legal de Portugal (GLLP)».


[...] Assim sendo, o que mudou entretanto para agora fazer uma tão grande adenda a uma tão curta resposta? O facto de na terça-feira, 15, um dia depois da publicação do fact-check entretanto retirado, Luís Montenegro ter declarado taxativamente à CMTV que nunca teve nada que ver com a maçonaria – e isso não corresponde à verdade dos factos», in, Editorial de Fernando Esteves


Pode ver a notícia completa, AQUI