Buscar
  • My Fraternity

Um dos Templos maçónicos da Grande Loja de França passou a chamar-se Arnaud Beltrame


Um dos Templos maçónicos da Grande Loja de França passou a chamar-se Arnaud Beltrame. Trata-se do nome do maçon que foi assassinado no dia 23 de março de 2018, em Trèbes, França.

Eram as 19H30 quando deram entrada no Grande Templo Pierre Brossolette os Irmãos da Grande Loja de França, com quem a Grande Loja Nacional Portuguesa tem um Tratado de Amizade e de Mútuo Reconhecimento. Inicia-se o ritual simbólico. É meia noite. Os Irmãos estão todos de luto.

Entram no Templo o Grão-Mestre Philippe Fousier do GODF e o Bruno Roger-Petit, porta-voz da Presidência da República Francesa.

Estavam ainda presentes Marc Henry, Past Grão-Mestre da GLdF, Thierry Brézillon, Vice Grão-Mestre, Jean-Claude Tribot da GLAMF, Viviane Villatte da GLFF, Régina Toutin, Jean-Pierre Poire, Alain Houpert, Michel Marquant e Georges Mazella di Ciaramma. Com muito público e muitos Irmãos.

Há intervenções.

Fazem uma cadeia de união e os trabalhos são encerrados. Philippe Charuel abandona o Templo, dando a mão a um Irmão de sangue de de Arnault.

Foi um momento alto e de justa e merecida homenagem a Arnaud Beltrame. Saudamos todos os presentes e a Grande Loja de França. A nossa memória curva-se perante o maçon Arnaud Beltrame.